• NUTS/HU-UFPI

TeleSUS realizará pesquisa ativa de informações referentes a COVID-19

Atualizado: Abr 4

Através de ligações automáticas realizadas por meio do número 136, o Ministério da saúde supervisionará a distância a saúde da população. Esta estratégia possibilita a identificação de pessoas vulneráveis, com sinais e sintomas de infecção por coronavírus.


“Fizemos um algoritmo que faz disparo de ligações para 125 milhões de brasileiros. Esses disparos estão ligados em um grande data Center, que irá nos ajudar a antecipar o nome das pessoas, onde elas estão, se são grupo de risco, com quem convivem. Vamos disparar ligações, então não se espantem se seu telefone tocar. É como se fosse uma consulta, por meio de uma voz artificial, que vai fazer uma triagem. Vai fazer algumas perguntas para saber se pode te acompanhar. É um sistema de inteligência artificial que irá nos ajudar muito”, explicitou o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta.


Vale ressaltar que para que a população tenha certeza que não está recebendo um trote ou um golpe, aparecerá no identificador de chamadas o número 136, número do Disque Saúde. Através desta ação será possível monitorar as pessoas que se encontram em isolamento domiciliar, acompanhando o estado de saúde durante todo o período e, caso apresente uma evolução do quadro clínico, será recomendado por um profissional da saúde a procura por um posto de saúde ou hospital de referência.


É importante salientar que por meio deste monitoramento remoto, será possível indicar um tratamento de adequado e segura para as pessoas, sem que estas saiam de casa, evitando o agravamento do risco de contágio.


Link matéria completa: https://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/46633-ministerio-da-saude-fara-busca-ativa-de-informacoes-sobre-coronavirus





69 visualizações

Campus Universitario Petrônio Portela - Hospital Universitário - Bairro Ininga
CEP 64049-550 Teresina - PI

©2020 por Núcleo de Telessaúde do Hospital Universitário da UFPI